PT afirma que Record convocou manifestantes para protesto de Dilma

Será que estamos vivendo em uma ditadura onde não se pode mais expressar o que está acontecendo de fato em nosso país?

Rui Falcão presidente do partido PT, defendeu, em reunião fechada com a bancada, que o governo deve acabar com a veiculação de publicidade nos veículos de comunicação que “apoiaram” e “convocaram” as manifestações contra a presidente Dilma Rousseff no domingo, 15.

Rui declara para toda imprensa “Não se enganem. O monopólio da mídia não será quebrado apenas nas redes sociais. Isso é uma ilusão”. O dirigente disse, em seguida, que a “quebra” do monopólio deve ser feita por meio de “uma nova política de anúncios para os veículos da grande mídia”.

“A Record, que sempre teve uma simpatia maior por nós, no domingo começou em rede aberta a convocar a manifestação. Foi uma briga por audiência. Nesse caso não foi nem má-fé”. O presidente do PT disse aos presentes que não adianta “minimizar” o que ocorreu no domingo, mas pontuou que o sucesso das manifestações se deve “exclusivamente” a convocação da “grande mídia”. Segundo Falcão, as redes de TV “manipularam” os números de participantes.

PT condena emissoras

PT condena emissoras