Programação infantil perde espaço na TV aberta; “Bom Dia e Cia” perde 46% de audiência

Bom-Dia-CiaNão é novidade para ninguém que a programação infantil vem perdendo espaço na TV aberta. A prova viva de tal fato, vem do único programa infantil vigente nos canais abertos, o “Bom Dia e Cia” do SBT.

O programa perdeu, em 10 anos, praticamente metade de seu público na grande São Paulo. Segundo o colunista Paulo Pacheco, a perda da audiência tem explicação. A competição com a TV paga e as restrições à publicidade infantil explicam a fuga de público e a falta de investimento das emissoras.

A título de comparação, em 2004 Globo, SBT e Record mantinham programas infantis. O SBT, com o já “Bom dia e Cia” registrou uma média anual de 8,2 pontos, a Globo liderava com 8,6 e a Record, em terceiro, fechou o ano com 2,9 pontos.

Nos dias atuais, Globo e Record extinguiram seus programas infantis e substituíram por atrações de variedades. Com isso o SBT foi o único a manter o programa infantil. O “Bom Dia e Cia” caiu 46% em audiência nesse período de 10 anos. A Record cresceu 59%. E a troca da Globo, “TV Globinho” pelo “Encontro com Fátima Bernardes”, vem colhendo seus frutos.

Antes da mudança, em 2012, a emissora marcava 6,8 de média. Já em 2014, até o mês de agosto, o programa de Fátima Bernardes registrou uma média de 7,5 pontos. Conseguindo assim estancar a perda de audiência nas manhãs Globais.