Na Band, Tá na Tela e Pânico fazem cobertura especial do enterro de Roberto Bolaños

 

O programa “Pânico” deste domingo (1), na Band, será dedicado ao humorista Roberto Gómez Bolaños, criador de personagens como Chaves e Chapolin, morto na última sexta-feira (28) aos 85 anos.

Além de exibir matérias produzidas pelo Brasil, o “Pânico” enviou ao México o repórter Vesgo, Rodrigo Scarpa, para realizar entrevistas e acompanhar a repercussão da morte do artista.

No seu Instagram, Rodrigo Scarpa postou algumas imagens e mensagens lamentando a morte do intérprete de Chaves. “Meu grande sonho era entrevistá-lo”, contou.

De acordo com informações da Band, não haverá ninguém do “CQC” no México para acompanhar o funeral de Bolaños, mas, além do “Pânico”, a emissora também vai enviar uma equipe do “Tá na Tela”, de Luiz Bacci.

(Logo)