“Programa Da Tarde” ganha sobrevida na Record; Ordem é explorar ao máximo o realyti “A Fazenda”

As famosas rodas de fofoca costumam funcionar no vespertino quando a pauta é o realyti rural.

As famosas rodas de fofoca costumam funcionar no vespertino quando a pauta é o realyti rural.

Quando uma edição do programa “A Fazenda” estreia, a ordem interna é a de que tudo aquilo que envolva o formato seja explorado ao máximo pela emissora, pelo menos quanto possível. Parte desses dados dão conta de que a presença do elenco de apresentadores direto de Itu (SP) faz com que tudo passe a funcionar de forma diferenciada.

Cabe principalmente ao “Programa Da Tarde” (onde a situação é mais crítica) fazer com que os assuntos da atração desenvolvida fora da cidade grande renda o máximo possível, para que a revista eletrônica ganhe com maior facilidade das novelas vespertinas de sua principal concorrente.

Apesar de não dirigir o formato, Paulo Franco é mestre em fazer este tipo de coisa e deve integrar todos os programas do gênero variedades e mobilizar as mais variadas equipes para desenvolver algo forte relacionado ao confinamento. Vale lembrar que atualmente os momentos de maior audiência do vespertino são os do “Além Do Peso”.