“Profissão Repórter” 03/03/15 Em busca de um filho

Nesta terça-feira (03), o “Profissão Repórter”, irá mostrar histórias de famílias que não medem esforços para ter um filho. A repórter Eliane Scardovelli acompanhou casais em tratamento nas clínicas de fertilização. Sílvia Arraval, de 54 anos, está grávida de gêmeos. Ela engravidou na menopausa com óvulos doados por uma mulher desconhecida. “Essas crianças são do meu ventre. Eu não sou barriga de aluguel. Pelo contrário, paguei para ter esses bebês”, disse Sílvia.

O repórter Estevan Muniz conheceu o casal Elisiário Júnior e Ricardo Purini no aeroporto internacional de Guarulhos, em São Paulo. Eles foram até o Nepal entregar o material genético da família. Os dois moram no interior de São Paulo, mas o filho deles será gestado por uma mulher no Nepal. Elisiário explicou a participação da família no processo: “A gente teve a ideia de juntar a minha genética com a genética dele. E tive a idéia de pegar o óvulo da irmã dele”.

O maior banco de sêmen do Brasil foi visitado pelo repórter Guilherme Belarmino. O banco foi criado há sete anos e guarda amostras de espermatozóides de mais de 500 doadores anônimos. “Me faz bem saber que eu estou construindo uma família para alguém. Talvez eu não faça parte, mas isso vai ajudar muitas pessoas a serem felizes”, disse um dos doadores.

No Rio de Janeiro, o programa vai contar a história do menino André, de 13 anos. Ele descobriu que tem 32 irmãos pelo mundo, filhos do mesmo doador de sêmen. Nesta terça-feira, depois do “Big Brother Brasil”.

Divulgação: Globo

profissão repórter logo