Professora de universidade posta foto de pobre fazendo comparação como se não tivesse cultura

Rosa Marina Meyer, professora universitária e diretora da Coordenação Central de Cooperação Internacional da PUC Rio, usou seu perfil no Facebook para ironizar a foto de um passageiro que estava fazendo um lanche antes de embarcar no aeroporto Santos Dumont, no Rio.

A legenda da imagem era: “aeroporto ou rodoviária?”

Logo após a publicação, outros professores comentaram a foto.

“O ‘glamour’ foi pro espaço”

“Para glamour falta muito! Está mais para estiva!”

A professora de Português para Estrangeiros escreveu: “O pior é que o Mr. Rodoviária está no meu voo! Ao menos, não do meu lado! Ufa!”.

E a professora de Letras da PUC-Rio completou: “O pior é quando esse tipo de passageiro senta exatamente do seu lado e fica roçando o braço peludo no seu, porque – claro – não respeita (ou não cabe) nos limites do assento”.

A repercussão foi tamanha que a publicação chegou ao perfil da Dilma Bolada, onde teve mais de 6.200 curtidas e 2 mil compartilhamentos.

Porém, a grande maioria dos internautas não achou graça na “brincadeira” da professora e a recriminaram:

“Deve ser do tipo que acha certo acorrentar bandido pelado em poste.”

“Que mania feia de julgar o próximo por sua aparência … conheço tanta gente que tem bala na agulha e anda de chinelo e calção. Sabe pq ? Pq o dinheiro não subiu a cabeça, não o faz achar que é melhor que ninguém …. Lamentável …”, foram alguns dos comentários.

No início da quinta-feira, 6, a professora usou a mesma conta no Facebook para se desculpar:

“Sabedora do desconforto que posso ter criado com um post meu publicado ontem à noite, peço desculpas à pessoa retratada e a todos os que porventura tenham se sentido atingidos ou ofendidos pelo meu comentário. Absolutamente não foi essa a minha intenção.”