Preconceito atriz ‘Django Livre’ foi algemada por policiais

Atriz de Django Livre algemada

Atriz de Django Livre algemada


A atriz Danièle Watts de ‘Django Livre’ disse que foi abordada pela polícia e algemada nesta sexta-feira (12), em Los Angeles, depois de ter sido confundida com uma prostituta. A atriz, que interpretou a escrava CoCo no filme “Django Livre” e uma policial novata na série “Weeds”, revelou a situação em seu Facebook.

Ela descreveu nas redes sociais que foi algemada e detida por dois policiais do Departamento de Polícia de Los Angeles após me recusar a concordar que eu tinha feito algo errado, apenas porque estava mostrando afeto, completamente vestida, em um lugar público. Quando o policial chegou, eu estava em pé na calçada perto de uma árvore. Eu estava conversando com meu pai no meu celular. Eu sabia que eu não tinha feito nada de errado, eu não estava prejudicando ninguém, então fui embora.
Ela também compartilhou uma foto de si mesma algemada, chorando na frente de um policial usando shorts, uma camiseta e tênis. De acordo com a revista “Variety”, não há registro do incidente na Polícia de Los Angeles porque Watts não foi presa ou levada para a delegacia. Watts e seu marido, Brian James Lucas, acreditam que a abordagem só aconteceu porque ela é negra e os policiais acharam que eles eram na verdade uma garota de programa e seu cliente. Ela se recusou a mostrar a identidade e então foi algemada e colocada no banco de trás da viatura policial até que pudessem verificar sua identidade. A atriz foi liberada em seguida.