Peixe raríssimo é encontrado na Nova Zelândia

Em uma pequena cidade de Dunedin, perto do Porto de Otago, na Nova Zelândia, moradores locais encontram um raro peixe-remo morto na praia. O que torna o fato inusitado é que o peixe-remo estava sem a cauda, isso leva a crer que o animal se automutilou, isso é tirou sua própria cauda.

O peixe-remo, também e conhecido como regaleco e rei-dos-arenques, mede em torno de 6 a 10 metros de comprimento. Alguns estudiosos, entretanto, relatam que a partir de 1,5 metro o animal começa a sofrer um processo de autonomia, em que deixa parte de sua calda dissolver, mas até o hoje nunca se sabe de fato o que ocorrer.

Essa espécie e raríssima e difícil de encontra lá em mares. Ela tem o habito de nadar na vertical e costuma vive a cerca de 300 metros da superfície da água. Por muitos anos esse animal foi tido como um “monstro marinho”, pelas suas aparência e raridade.

O animal encontrado possuía três metros de comprimentos, e foi levado para estudos no Centro de Estudos Marinhos do país.