Paulo Vinicius Coelho acerta com o Fox Sports

Nova empreitada na carreira começa em janeiro pelo canal esportivo do grupo Fox; PVC não comentará jogo de hoje pela Liga dos Campeões.

Nova empreitada na carreira começa em janeiro pelo canal esportivo do grupo Fox; PVC não comentará jogo de hoje pela Liga dos Campeões.

O anúncio da saída de Paulo Vinicius Coelho dos canais ESPN movimentou e muito todos os executivos envolvidos com emissoras esportivas da rede paga, na manhã de hoje o jornalista publicou um texto falando sobre sua saída do canal em que trabalhava desde o começo da década passada. Confira a carta completa;

José Trajano me telefonou em novembro de 1999 e mudou minha vida.
O convite era para comentar a Copa da África de 2000. “Depois a gente vê como a coisa anda, negão!” Na época, eu assinava com o Lédio Carmona uma coluna sobre futebol internacional no LANCE! O Trajano lia e gostava.

Já tinha feito participações em 1999 no Futebol no Mundo e no Bola da Vez. Comecei a fazer transmissões e depois programas. “Prorrogação”, com o Amigão após as rodadas do Brasileirão. O Sportscenter Meio Dia, com a Soninha e o Paulo César Vasconcellos… Linha de Passe com o Milton Leite, depois com o Palomino, com o Paulo Andrade.Putz! Quanta gente legal. Aprendi com o Plihal, o Cledi, o André Kfouri, Palomino, Renata Netto, João Simões, Mauro Cezar, amigo desde a redação de Placar. Aprendi com quem você conhece do vídeo e com quem me conhece na tela. Aprendi que há uma coisa que distingue a ESPN de todos os outros lugares: o fã de esportes. Aprendi tanto e até hoje não sou um cara de TV, mas um jornalista de revista que põe conteúdo em todas as mídias.
Se as pessoas ainda acham estranho quando eu digo isto é porque minha cara virou a ESPN. Minha cara, não. Minha casa!

“Se lembra quando a gente chegou um dia a acreditar…” Nem o Renato Russo nem a Cássia Eller são para sempre. Nem eu na ESPN. Cobri três finais de Copas do Mundo, nove decisões de Champions League, é hora de ir. A decisão é minha. Impossível dizer o que será de mim. Possível apenas saber que sigo minha vida de colunista na Folha de S. Paulo aos domingos e segundas-feiras. E que vou sentir uma falta desgraçada de vocês todos.
Darei notícias.

Em sua nova casa deve fazer participações nos principais programas como “A Ùltima Palavra”, “Fox Sports Rádio”, “Central FOX”, “Fox Sports Show” (apresentado por seu ex-colega de ESPN Edu Elias), além de comentar os principais jogos do canal nas competições em que tem direito.

Apresenta-se em janeiro de 2015 e começa a desempenhar suas funções.