Patricia Poeta representa o “JN” na premiação do Emmy

jornal-nacional-logo

Foto: Reprodução

De saída do “Jornal Nacional”, a jornalista Patrícia Poeta defenderá o telejornal no Emmy Internacional de Jornalismo deste ano, cuja premiação ocorrerá na próxima terça-feira (30), em Nova York, nos Estados Unidos.

O “JN”, que ela apresenta somente até 3 de novembro, concorre no “Oscar da TV” na categoria Notícia, pela cobertura do incêndio na boate Kiss, em Santa Maria (RS), no início de 2013. O telejornal disputa o prêmio com outro programa da Globo, o “Fantástico”, e com reportagens de TVs da Rússia, Reino Unido e Filipinas.

A assessoria confirmou ainda que além de Patricia, o apresentador Tadeu Schmidt e o jornalista José Roberto Burnier também estarão presentes na premiação. Burnier foi o responsável por ancorar a cobertura da tragédia da boate Kiss, em Santa Maria, que rendeu ao “Fantástico” e ao “Jornal Nacional” indicações na categoria “Notícia”, do Emmy, pela 12ª vez em 13 anos de premiação.

Patricia Poeta decidiu deixar o “JN” para atuar em uma área diferente: “Voltada para o entretenimento”, adiantou a jornalista. A substituta de Patricia ao lado de William Bonner será Renata Vasconcelos, que atualmente está no “Fantástico”. “É uma profissional completa, experiente, colega querida. Vai ser ótimo tê-la na equipe”, disse Bonner em entrevista ao “Segundo Caderno” do jornal “O Globo”.