Os novos candidatos eleitos a presidência não dizem como vão bancar propostas

14194456

Os programas de governo dos três principais candidatos à Presidência da República na eleição deste ano não esclarecem o principal: de onde virá o dinheiro para implementar suas agendas, sobretudo em um cenário de crescimento medíocre como o atual.

Um exame dos planos de governo de Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) registrados no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) mostra que há pouca inovação e boa dose de continuísmo nas propostas dos três candidatos mais bem colocados nas pesquisas eleitorais.

Praticamente inexistem nos programas de governo dos três presidenciáveis ideias de como eles irão financiar o que prometem. Fala-se muito, e quase somente, em melhora de gestão e racionalização de gastos.

O povo já deve procurar analisar o que cada um tem a oferecer, para que não acontece o que esta acontecendo. O Brasil necessita progredir e para isso a unica maneira de tudo isso mudar é através dos votos. Precisamos já de inicio avaliar os candidatos para presidente e não cometermos erros  ou ignorarmos na hora da votação. O futuro está em nossas mãos! Veja um esquema das propostas que cada um tem a oferecer: