Novela Alto Astral estreia com humor e espiritualidade

A novela Alto Astral, que estreia dia 3 de novembro no lugar de Geração Brasil, na Globo, tem como principais ingredientes o humor, uma paixão arrebatadora e a rivalidade entre dois irmãos, que são os herdeiros do principal cenário da trama: um hospital.

“É um novelão, com coisas inovadoras, tratando o sobrenatural de forma leve”, diz o autor Daniel Ortiz, que desenvolve a sinopse escrita por Andrea Maltarolli,
escritora que morreu em 2009 em decorrência de um câncer.

O folhetim terá entre 155 e 170 capítulos, com previsão de terminar em maio do ano que vem. Mesmo usando como pano de fundo o espiritismo, o autor afirma que a novela não abordará a doutrina espírita.

“A característica do protagonista,Caíque (Sergio Guizé), é que ele é médium e a gente brinca muito com isso”, conta Daniel, que é completado pelo diretor de núcleo da trama, Jorge Fernando: “A novela não tem política espiritualista. Cada espírito tem uma história diferente, tem gente que não sabe que morreu, por exemplo. Falamos de espiritualidade sem falar da
doutrina”.