“Nem bandido fala da família dos outros”, diz Datena sobre Milton Neves

Datena e  Milton Neves

Após o barraco envolvendo Milton Neves e Datena, o apresentador do “Brasil Urgente” comentou a briga do último domingo, 24 de agosto, no “Tá na Área”, da Bradesco Esportes FM.

Para quem não sabe, na ocasião da confusão, Milton contava a Neto um história sobre a época em que José Luiz Datena morou na casa do então jogador José Hidalgo Neto, do Coritiba: “(Datena) Filou bóia lá e até hoje é grato. Tem muita ingrata por aí, muito ingrato que não olha pra trás. Mas o Datena agradece o Hidalgo”.

E não parou por aí: “Queria mandar um abraço ao José Luiz Datena, que ama o Hidalgo, porque ele não era essa estrela que é hoje, a maior estrela da televisão brasileira, e morou lá em Curitiba, na casa do Hidalgo”.

E continuou: “Lá em Curitiba, ao contrário de você (Datena), eu passei fome e passei frio. E o Hidalgo tem o maior orgulho de ter sido seu companheiro na cidade de Curitiba. Grande Datena, deitou e rolou lá no Paraná antes de virar essa estrela nacional”.

Então, quando Milton Neves informava que enviaria um vinho de presente a Datena, o apresentador da Bandeirantes entrou no estúdio e, enfurecido, despejou uma série de xingamentos que vazaram no ar: “Meu, que mer** é essa? Que mer** é essa, aí cara? É o caral%&#*”. 

No início do seu programa na Bradesco Esportes, que começa às 11h para todo o Brasil, Datena comentou o caso, e acusou o seu colega Milton Neves de falar de sua família e contar inverdades.

Além disso, o jornalista se disse um cara equilibrado, e falou que vai tocar a vida: “Depois de cumprir o período de afastamento, estamos aqui pra falar com vocês. Porque é necessário continuar a vida, e eu quero falar que sou um cara equilibrado, e só perco a cabeça quando alguém fala da minha família, ainda por cima quando fala inverdades. Nem bandido fala da família dos outros, então quando alguém fala da sua família, conta histórias de forma canalha, realmente eu perco meu equilíbrio, e vou perder sempre. Agora, provavelmente, vou perder em lugares mais adequados. Tem bandido que tem mais honra do que gente que conheço”.