“Não quero ter anos de noivado” diz Fernanda Keulla sobre casamento com André Martinelli

A ex-BBB Fernanda Keulla tem motivos para celebrar. Dois anos após vencer o “Big Brother Brasil 2013”, programa da Rede Globo, a mineira e ex-advogada segue com passos firmes na carreira artística. Em 2014, estreou como apresentadora com o programa “Pratos & Panelas”, na Globo Minas, filiada global. Agora, comanda aos sábados com seu novo programa, o “Moda & Estilo” (a atração é exibida na faixa das 14h), também na filiada global.

“Somos líder no horário, a maior audiência da Globo Minas. Hoje, nossa audiência é quase o dobro do segundo lugar, algo em torno de 10 a 12 pontos”, explica Fernanda, mostrando seu conhecimento na área. “Tenho orgulho de falar isso. É bom saber que as pessoas estão ligando a TV para me ver”, afirmou Fernanda.

Se na vida profissional vai tudo bem, na vida pessoal, também. Recentemente, Fernanda completou dois anos de namoro com André Martinelli, que conheceu dentro do reality show. O namoro superou não somente o confinamento do programa, mas a realidade da vida a dois longes das câmeras. Fernanda Keulla deu uma entrevista exclusiva para a revista “QUEM”, a ex-BBB celebrou os bons momentos na carreira, mostrou maturidade profissional e ainda explicou a razão de ainda não ter subido ao altar com o seu príncipe. Confira!

Após um ano como apresentadora do “Pratos e Panelas”, você ganhou um segundo programa. Como está essa fase?
Fernanda Keulla: O Pratos precisou ser finalizado. Ele era no horário da manhã e a programação lá mudou. Agora, nesse horário, tem um programa nacional. Então, mudei pra a tarde, bem depois do almoço. Com essa mudança, estreamos o Moda & Estilo no dia 25 de abril. Nossa, a receptividade foi incrível! Fiquei muito feliz! As pessoas se identificaram com o programa.

É legal falar sobre moda e vida e estilo, né?
Fernanda Keulla: É, ele é sobre lifestyle e moda, mas no amplo sentido da palavra. No sentindo de comportamento também. Temos dicas de beleza, transformações visuais… Participo muito da criação dele. É uma forma boa para aprender sobre televisão. E o bom é que temos uma equipe muito unida.

Ganhar um segundo programa em um ano como apresentadora é algo para se comemorar. O que você aprendeu nesse um ano?
Fernanda Keulla: Televisão é um aprendizado. Jamais imaginei que eu fosse comandar uma atração. O Pratos & Panelas foi um presente tão grande. Foi um programa que deu certo. Com ele, eu passei a me conhecer melhor no vídeo, passei a acertar o tom da minha voz… Eu tinha um probleminha, né? Então, trabalhei com fono.

Qual era o problema?
Fernanda Keulla: Ah, eu aprendi a usar mais a voz do peito. Trabalhei essa questão e o gestual do corpo também. Hoje, eu me preparo com uma preparadora de elenco, a Ana Kfouri, lá no Projac, no Rio de Janeiro. Com ela, aprendi a me soltar diante das câmeras.

Você prepara o programa no Projac?
Fernanda Keulla: Sim. A pré-produção é no Rio e gravo em Minas.

E como fica a rotina nisso tudo?
Fernanda Keulla: Pois é, minha rotina é atribulada [risos]. Digo que minha vida é em uma mala. Aliás, sempre uso essa hashtag no meu Instagram. Eu trabalho em São Paulo, meus escritórios são lá e minha empresa também. No Rio de Janeiro eu faço toda a pré-produção do meu programa, a parte comercial dele é no Projac. Em Minas, eu gravo. Em uma semana, vou para dois Estados. Isso já dura um ano. E também passo em São Paulo para fazer publicidade ou algum outro trabalho.

 E a vida pessoal como fica?
Fernanda Keulla: Eu e o André sabemos nos entender muito bem. Quando a gente se encontra é para ficar tranquilo. Ficamos em casa, curtimos um filme… É uma delícia.

Vocês ainda moram juntos?
Fernanda Keulla: Sim, moramos no Rio de Janeiro.

Ele também deve viajar bastante, não?
Fernanda Keulla: Sim, ele viaja bastante também. Geralmente, numa rotina normal, fico no Rio de Janeiro de sábado a quarta. Em Minas, fico de quarta a domingo. Isso muda o tempo inteiro, mas, normalmente, é assim.

E quando vocês conseguem se curtir?
Fernanda Keulla: Nos preocupamos em estar bem. Ele vai muito para BH me ver também. Nos falamos bastante… Aliás, o tempo inteiro! Usamos o Facetime sempre para falar um com o outro.

O namoro de vocês completou dois anos. Os fãs estão cobrando um casamento…
Fernanda Keulla: Pois é… [risos] Eu procuro levar na esportiva, porque sei que os fãs querem o melhor para nós. Mas nós já moramos juntos, né? Claro que pensamos em casar e ter filhos. Mas, gente, relacionamento exige maturidade. Além disso, nos conhecemos assim de uma forma muito inusitada. Então, estamos curtindo cada etapa.

Então, a vontade de casar ainda está lá..
Fernanda Keulla: Sim! Tenho muita vontade de casar!

Tecnicamente vocês são noivos ou namorados?
Fernanda Keulla: Tecnicamente somos namorados [risos]. Usamos uma aliança de compromisso só. Eu sou uma pessoa que espera ficar noiva próxima do casamento, sabe? Não quero ficar noiva para ter anos de noivado.

O que falta para casar? Parece que vocês têm uma vida estável…
Fernanda Keulla: Jamais! Tanto eu quanto ele ainda estamos fazendo nossas vidas. Minha vida não está estabilizada não. Estou em um aprendizado tão intenso. Nós dois estamos aproveitando as oportunidades das nossas vidas ao máximo. E acho que o momento é esse para ambos.

Você citou um ponto importante. Já se passaram dois anos da sua vitória no BBB. Você está no início da sua carreira de apresentadora. Dá para dizer o que mudou do reality até agora?
Fernanda Keulla: Nossa, acho que o principal que mudou foi que antes eu trabalhava como advogada e era totalmente regrada. Tinha hora para entrar e para sair do trabalho, mas conseguia ficar mais perto da minha família. Hoje, tenho domínio da minha carreira, mas fico longe da minha família. Hoje minha vida não tem rotina e todo dia é uma aventura nova, um lugar diferente. Mas eu estou feliz. Montei minha empresa, gerencio minha carreira, ganhei autonomia, uma coisa que eu não tinha quando era advogada. Eu não conseguia gerir minha carreira. Afinal, eu era empregada. Agora eu mesma consigo fazer a gestão da minha carreira.

E o prêmio de R$ 1,5 milhão? O que aconteceu com ele?
Fernanda Keulla: Na verdade, esse dinheiro está sendo utilizado. Ele ficou a cargo da administração do meu pai. Deixei para ele usar para o bem-estar da minha família e eu não tenho acesso a isso. Também não quero ter. Só quero garantir o bem-estar de todos.

Estão todos com uma vida tranquila, então?
Fernanda Keulla: Com certeza, meus pais têm uma vida mais tranquila agora, mas porque eles sabem que tem uma reserva que os garante futuramente. Mas todo mundo lá em casa trabalha muito ainda. Ninguém parou de trabalhar não. Minha irmã é médica, meu pai é contador e minha mãe professora.

E você conseguiu garantir o sonho da casa própria?
Fernanda Keulla: Ainda não realizei. Eu ainda não tenho um lugar fixo, né? Fica difícil comprar uma casa, pois vivo em três Estados. Acho que tenho que ver como tudo isso evolui antes de pensar nisso.

QUEM: Você mudou de imagem depois do BBB. Contratou um stylist?
Fernanda Keulla: Sim, o Thide Alves. Já tem dois anos que ele trabalha comigo. Ele me acompanha desde que sai do BBB, porque eu não tinha conhecimento de moda. Hoje acho importante ter alguém que cuida da sua imagem.

Qual a principal lição que aprendeu com ele?
Fernanda Keulla: Que menos é mais. O simples é a sofisticação máxima. Antes, eu sempre comprava os mesmos tipos de peça. Eu não usava tênis no dia a dia, porque achava que era só para malhar. Usava pouco alfaiataria, porque achava que era só para o meu ambiente de trabalho. Hoje mudei isso. Uso mais acessórios pesados, gosto de usar cintura alta, que nunca tinha usado, gosto do look jeans total… Hoje tenho esse tipo de conhecimento.

Agora que virou fashionista, acha que gasta mais com roupas?
Fernanda Keulla: Não, sabia? Com um stylist, na verdade, a gente gasta menos. Eu comprava muito mais antes de entrar no Big Brother. Hoje, adquiro só o que é necessário, peças atemporais e que vou usar bastante. Aprendi o valor de um sapato preto, um jeans legal, uma jaqueta de couro… E tem outra coisa, nessa correria, o que eu menos tenho vontade de ir ao shopping!

Fernanda Keulla

Fernanda Keulla