Motivo da morte do narrador esportivo Luciano do Valle foi infarto

Luciano do Valle morreu de infarto; enterro será em Campinas
A morte do narrador esportivo Luciano do Valle aconteceu em decorrência de um infarto. O locutor teve um mal súbito neste sábado, em Uberlândia, onde trabalharia no domingo para transmitir o jogo entre Atlético-MG e Corinthians.
O velório será realizado no domingo, na Câmara Municipal de Campinas. O enterro também será na cidade do interior de São Paulo – nos dois casos, os horários ainda não foram confirmados. O corpo foi liberado de Uberlândia às 20h30 deste sábado.
Luciano do Valle, 66, perdeu a consciência às 14h30, quando o avião aterrissava em Uberlândia. Uma ambulância aguardava na pista, e o primeiro socorro foi feito pelo Corpo de Bombeiros.
O narrador foi conduzido para o hospital Santa Genoveva, em Uberlândia. O coração e o pulmão de Luciano do Valle pararam de funcionar às 15h, mas os médicos seguiram tentando reanimá-lo até 16h15, quando o óbito foi confirmado.
“Estava tudo preparado para ele chefiar a Copa e a gente recebeu essa informação. Ele estava dentro de um avião, passou mal e não resistiu. Foi para o hospital, mas não resistiu”, disse Joel Datena, filho do apresentador José Luis Datena, durante o Brasil Urgente deste sábado.
O narrador surgiu na televisão na Rede Globo, em 1971, e foi o principal comandante de transmissões do canal até 1982, quando se transferiu para a Record. No ano seguinte, iniciou sua primeira passagem pela Band, onde ficou até 2003. Entre 2003 e 2006, nova passagem pela Record, até sua volta definitiva para a Band.
Em 2012, Luciano teve um AVC e chegou a ficar afastado por cerca de um ano das transmissões.
No domingo, Téo José será o substituto de Luciano do Valle na transmissão de Atlético-MG x Corinthians.