Morre Hilda Furacão, aos 83 anos, na Argentina

Personagem icônica da história da cidade de Belo Horizonte, Hilda Maia Valentim, mais conhecida como Hilda Furacão morreu nesta segunda-feira, aos 83 anos, na Argentina. Ela vivia em um asilo em Buenos Aires, que confirmou o falecimento.

Seu nome ganhou notoriedade no Brasil em 1998, quando a Globo produziu uma minissérie sobre sua vida baseado no livro “Hilda Furacão” escrito por Roberto Drummond, de 1991. Sua intérprete foi Ana Paula Arósio.

Apesar da fama, Hilda não fora visitada pelos seus familiares enquanto esteve no asilo da Argentina e até o momento nenhum dos parentes foi encontrado para resolver as questões de seu enterro. Se nada acontecer, ela será enterrada no cemitério de Chacarita, em Buenos Aires.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação