MMA: Anderson Silva perto de disputar novamente o cinturão dos médios

O UFC não está poupando esforços para retomar o espaço que perdeu com os problemas do ano passado. Uma tática clara é dar todo o espaço possível para suas estrelas já consolidadas. Quem pode se dar bem com essa é Anderson Silva.

O brasileiro volta ao octógono em 31 de janeiro, mais de um ano depois de uma grave fratura que sofreu no final de 2013. Mesmo depois de ele ter dito que não tinha mais interesse em ser campeão do maior evento de MMA do mundo, ele pode voltar a uma disputa de cinturão simplesmente se vencer Nick Diaz, na luta principal do UFC 183 em Las Vegas.

Quem garantiu esse title shot para Anderson em caso de vitória foi o próprio presidente do UFC, Dana White. Ele deu a informação na noite da última quarta-feira, no programa oficial do Ultimate na TV dos Estados Unidos.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Ou seja, se o Spider vencer teremos uma trilogia contra Chris Weidman ou uma revanche contra Vitor Belfort. Os dois disputam o cinturão dos médios em 28 de fevereiro, no UFC 184, em Los Angeles. Com qualquer um dos rivais, é promessa de uma luta muito aguardada.

Mas tem um lutador que não deve ter gostado nada de ouvir isso: Ronaldo Jacaré. Com luta marcada contra Yoel Romero também no UFC 184, ele é o número 2 no ranking dos médios e tinha uma promessa de disputar o cinturão se batesse o cubano. Talvez tenha de esperar mais – de novo.

Com uma vitória, Anderson Silva faria sua 14ª luta valendo o cinturão dos médios do UFC. Além da que ele conquistou o título, contra Rich Franklin, em 2006, ele fez dez defesas consecutivas, seguidas das duas derrotas para Chris Weidman em 2013.

Após 1 ano fora do UFC Anderson Silva volta a Disputar.