“Milagres de Jesus” Termina 1ª Temporada com Sucesso! Confira o Balanço da Série na Record

 

 

Amor, brigas, perdão, fé, união e cura: esses foram os ingredientes usados para contar a história de pessoas comuns que tiveram suas vidas transformadas por meio de milagres. Com produção de cinema e mais de 160 atores envolvidos, a minissérie “Milagres de Jesus”, da Rede Record, conquistou o público e arrancou elogios de atores consagrados, como Umberto Magnani e Floriano Peixoto, e também de jovens experientes, como Carla Diaz e Guilherme Berenguer. Nesta quarta-feira (21) vai ao ar o último episódio da série.

Escrito por Renato Modesto, “Milagres em Genesaré” conta a história do milagre coletivo realizado por Jesus em meio às desconfianças do sacerdote, dos fariseus e de seguidores das leis de Moisés.

No episódio, dezenas de pessoas se reúnem em uma praia em volta de Jesus. Logo, a desesperança dá lugar à fé: um tuberculoso, um homem que estava com parte do corpo paralisado, um menino com deficiência visual e um jovem com deficiência na perna são curados.

Segunda temporada

O sucesso de “Milagres de Jesus” foi tão grande que a segunda temporada da minissérie já está confirmada pela emissora e deve ir ao ar em breve. Para 2015, a emissora planeja mais uma novidade: A estreia de “Os Dez Mandamentos”, primeira novela bíblica do canal.

“A Cura de um Menino Possesso”

Mortes de animais e acontecimentos inexplicáveis em uma aldeia da época de Jesus Cristo formam o enredo e trazem um clima de suspense ao episódio “A Cura de um Menino Possesso”, que foi ao ar no último dia 7. Para conseguir traduzir o tom de mistério em cada cena, o elenco contou com uma inspiração de peso: o filme norte-americano “A Vila”, um suspense do diretor M. Night Shyamalan. A trama foi elogiada pelo colunista da Folha de S. Paulo Renato Kramer, que a definiu como “um dos melhores episódios da série”.

milagres de jesus

Janaína Ávila como Adira

“Na história, a aldeia parece estar vigiada pelo olhar do mal. É como se alguma coisa estivesse para acontecer o tempo todo. Esse clima soturno é o mesmo do filme ‘A Vila’”, explica Bruno Padilha, que interpretou o personagem Oséias. “O suspense aparece nas pausas, na fala mais lenta e nos olhares. É um episódio que trata do sobrenatural, em que é possível ver a interferência do demônio no menino”, resume Janaína Ávila, que deu vida à personagem Adira.

A atriz admite que o maior desafio da minissérie foi conseguir se adaptar aos costumes de uma personagem que viveu há cerca de 2 mil anos. “No mundo antigo, o tempo era mais estendido, a forma de falar era diferente. Transformar isso numa coisa natural foi o mais difícil”, diz Janaína.

Pai da adolescente Maria Eduarda, o ator Bruno Padilha destaca que a minissérie abordou um assunto importante: a força do amor entre pais e filhos. “Ser pai é assumir a responsabilidade de ajudar a construir o caráter de uma pessoa”, afirma o ator.