Marina Silva desistiu de voo que matou Eduardo Campos um dia antes.

marina

Candidata a vice na chapa do presidenciável Eduardo Campos (PSB), a ex-senadora Marina Silva teria decidido um dia antes não embarcar no avião que caiu ao tentar pousar no Guarujá e matou o candidato. A informação foi divulgada pelo site do jornal Folha de S. Paulo.

Marina estava ontem no Rio de Janeiro junto com Eduardo Campos e desistiu de ir ao Guarujá, embarcando em um avião de carreira com assessores para São Paulo.
Assim que soube da notícia da morte, na manhã desta quarta-feira, a ex-senadora abandonou o estúdio onde gravava programa para o horário eleitoral gratuito em São Paulo e foi para casa.
Segundo o coordenador da Rede Sustentabilidade, partido que Marina tenta criar, Bazileu Margarido, a candidata está “chocada”. “Ela está na casa dela chocada”, disse à Agência Estado.