Magoado por sair do “CQC”, Marcelo Tas rejeita proposta da Band

A Band se surpreendeu com o anúncio de Marcelo Tas, que confirmou oficialmente sua saída da emissora após sete anos e deu indícios de que estaria aberto a novas propostas.

Segundo o “NTV”, a emissora do Morumbi ainda negociava com o comediante uma possível renovação do seu contrato, mas a ideia teria sido esnobada por Tas, que seria obrigado a aceitar uma grande redução salarial.

O contrato de Tas com a Band termina nesta quarta (31). Como apresentador do CQC, Tas recebe cerca de R$ 140 mil mensais. A ideia da Band era fazer um novo contrato, em novas bases. Além do salário menor proposto no novo contrato, Tas se incomodou com o fato de ter sido convidado a se retirar do CQC. Diferentemente do que ele vem divulgando, a iniciativa de mudar o apresentador principal partiu da emissora, não dele. Segundo uma fonte na produção do humorístico, Tas ficou magoado com a situação.

Executivos da Band ainda acreditam na possibilidade de ter Tas em 2015. Ele não comunicou a emissora de que está totalmente fora. Fez isso apenas pela imprensa. A Band o quer à frente de uma produção de apenas quatro episódios que misturará documentário com dramaturgia, recontando passagens marcantes da história do Brasil. Com o título provisório de A História Não Escrita, o projeto é um formato da Cuatro Cabezas, criadora do CQC.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação