Leão Lobo acusa Márcia Goldschimitt de ter feito macumba contra ele

leaolobo

Se tem alguém na televisão brasileira que divide opiniões é Leão Lobo. Amado por uns e odiado por outros por suas críticas de televisão e alfinetadas nos famosos, o apresentador engrossa o time dos demitidos da CNT, onde estava há cinco anos, após a Igreja Universal arrendar 22 horas da programação da emissora. “É terceira vez que os evangélicos cruzaram o meu caminho e acabam com meu trabalho. Eles estão fechando o cerco e a comunicação brasileira está correndo um sério risco”, alerta ele, que aproveita para criticar Edir Macedo. “Acredito que uma pessoa que diz, como o Edir Macedo disse, querer construir a Globo das igrejas, não dá para ser levada a sério. Ele não paga imposto, ganha muito dinheiro fácil.Ele está aí para apenas comprar e comprar.”

Em 40 anos de carreira, Leão passou pelas emissoras Record, SBT, Band e Gazeta, onde diz ter sido vítima de Márcia Goldschmitt, que hoje não está mais na televisão e vive em Portugal com o marido e os filhos. De acordo com Leão, a apresentadora chegou a fazer macumba para ele, quando a dupla dividia o palco do “Mulheres”, em 1999.

“Cheguei para gravar e em torno da minha mesa tinha um monte de pedrinhas. Os câmeras faziam sinal para eu não sentar, mas não entendi e sentei. Um deles veio até a mim e disse: ‘Foi a dona Márcia que colocou isso ai, a gente viu’. Na abertura do programa, ela foi até mim, o que nunca fazia, e disse: ‘Ai, Lele, isso aí no chão é macumba. Fizeram uma macumba pesada para você’. No dia seguinte, quando estava me arrumando, senti uma pontada na cabeça e só me lembro de acordar no hospital com minha pressão 24 por 12. Fiquei 15 dias internado.”