Kelly Key posa com os filhos e diz “não descarto a possibilidade de ser mãe novamente”

 Kelly Key teve sua primeira filha, aos 17 anos, a garota Suzana é filha do casório com Latino, na época ainda “jovem” não tinha planos nem noção do que estava acontecendo, mas era algo que ela desejava muito “ser mãe”.

A cantora completa “Hoje, imagino uma menina grávida com 17 e fico com medo, mas era algo que eu queria. Sempre sonhei com isso: ser mãe, formar uma família e ser feliz para sempre como nos contos de fadas”, diz a cantora sobre sua filha, agora com 14 anos.

O casamento dos sonhos ou o “marido perfeito” veio dois anos depois, quando Kelly conheceu o empresário angolano Mico Freitas, com quem se casou e teve Jaime Vitor, atualmente com 10 anos.  “Não sei se ser mãe é o que faço de melhor, mas é o que me faz mais feliz. Não teria problema em abandonar tudo para ser apenas mãe”, conta ela. Os filhos “super” ligados a mãe concorda: “Minha mãe faz de tudo para nos fazer feliz”, diz ela sempre arruma um tempo para gente. Pode estar estudando, se arrumando para ir para um show, mas se pedirmos, larga tudo para nos dar atenção. Tenho muito orgulho dela”.

A mãe coruja Kelly Key diz que os filhos são diferentes entre si e se empolga ao contar o que cada um puxou um pouco dela: “O Vitor é palhaço que nem eu. Ele também é sentimental e manhoso. Já a Suzanna a mais velha é muito parecida comigo mesmo. Não só fisicamente, como de jeito. Ela é comunicativa, uma mulher forte, mas ao mesmo tempo sensível”.

Kelly mostra ser muito ligada aos filhos entre eles a uma comunicação e um laço muito amigo, para os filhos além de mãe é um grande amiga, a cantora linda e toda “fitnes” não descarta a possibilidade de se tornar mãe novamente, “Estou ativa e livre. Já tem algum tempo que eles estão loucos me pedindo um irmão, mas há coisas no meu trabalho que preciso fazer e que dependem do meu corpo de fato. Mas com dois filhos a gente segura um em cada mão. Já o terceiro é mais difícil (risos). A gente quer muito, mas preciso de uma independência maior das partes para ter um bebê. Mas quem sabe?”

(Foto: Reprodução/ EGO)

(Foto: Reprodução/ EGO)