Justiça condena jornalista que insinuou que Raí teve caso com Zeca Camargo

Após insinuar que o atleta teria um envolvimento afetivo com o apresentador da TV Globo Zeca Camargo, a Justiça de São Paulo condenou a jornalista Fabíola Reipert, blogueira do portal R7, a pagar indenização por dano moral ao ex-jogador Raí no valor de R$ 72,4 mil.

Ainda de acordo com informações, além da blogueira, também são réus no processo o portal R7 e o jornal O Dia, que republicou as informações veiculadas por Reipert.

No dia 16 de julho de 2012, a jornalista publicou que a “emissora (TV Globo) proibiu os programas da casa de associar os nomes de Zeca Camargo e Raí”, completando com as perguntas: “O que será que eles têm para esconder, hein? E o que têm em comum?”

A jornalista Fabíola Reipert comentou brevemente a decisão judicial: “O caso está a cargo do departamento jurídico do portal, por isso não gostaria de falar a respeito. Só acho estranho que seja proferida uma condenação baseada em suposições. A nota que eu publiquei não contém nenhuma afirmação de que Raí é homossexual ou teve algum caso com qualquer pessoa.”

(Foto:Reprodução)

(Foto:Reprodução)