“José do Egito” (28/08/14): José manda os irmãos buscarem Benjamin

"José do Egito" é exibido de terça à sexta

“José do Egito” é exibido de terça à sexta

Nesta quinta-feira (27), logo após a novela “Vitória” você confere mais um capítulo da minissérie “José do Egito” na tela da Record.

Veja abaixo o resumo do capítulo:

Pentephres consegue entrar na área dos silos junto com Hapu. Seneb entrega pão e água para os irmãos de José, que estão na cadeia. Eles contam que são hebreus, vindos de Canaã, todos filhos do mesmo pai. Como Seneb conhece a história de José, fica desconfiado. José chega em casa. Ele conta para Azenate que seus irmãos estão na cidade.

Emocionado, José conta que não foi reconhecido e destaca que mandou prendê-los porque precisa pensar. Hapu e Pentephres estão prestes a adulterar os alimentos, quando Mitri chega e os surpreende. Pentephres e Hapu conseguem se safar com uma mentira e vão embora. Mitri desconfia e pede que a segurança seja reforçada.

À noite, o escriba visita José. O hebreu conta que seu mal estar se deu por conta dos viajantes que apareceram. Ele revela que são seus irmãos. Mitri fica chocado. Antes de ir embora, Mitri conta que Pentephres e Hapu estavam nos silos. José afirma que conversará com o Faraó. Ele pede ao escriba que vá até a cadeia para ver seus irmãos.

Sati continua fingindo que está doente. Ela não aceita que Potifar traga outro sacerdote para cuidar de sua suposta enfermidade e pede para continuar sob os cuidados de Pentephres. Mitri revela a Seneb que os hebreus realmente são os irmãos de José. Simeon confessa aos irmãos que José está vivo. Pentephres se safa durante o interrogatório com José, Potifar e o Faraó. O comandante afirma que os supostos espiões que estão na cadeia podem ser uma ameaça. Quando Apópi fala sobre a possibilidade de execução, José se descontrola, causando certo estranhamento. O hebreu consegue disfarçar, mas Pentephres já começa a planejar algo.

Azenate hesita um pouco, mas acaba falando com Tany sobre os irmãos de José. Depois de contar tudo, ela se arrepende. Pentephres tenta descobrir mais informações sobre os novos prisioneiros. Alguns dias depois, José recebe os irmãos novamente. Ele decide que apenas um ficará no Egito para que os outros possam levar alimentos até sua família.

O hebreu destaca novamente que o irmão caçula deve ser trazido. Tany revela a verdade sobre os novos prisioneiros para o Faraó. Furioso, ele exige que Potifar seja chamado rapidamente. Apópi afirma que os hebreus serão executados o mais breve possível. Tany tenta acalmar o marido e destaca que cabe a José decidir o futuro dos prisioneiros.

José ouve uma conversa de seus irmãos e se emociona quando todos afirmam que essa é a punição divina por terem pecado. Ele chora copiosamente em um local mais reservado. Pentephres observa tudo, de longe. Como os irmãos não chegam a um consenso, José decide que Simeon ficará preso. O vizir afirma que os restantes devem levar os mantimentos para Canaã, mas caso não retornem com o irmão mais novo, Simeon será morto.