Joel Santana “Pranchetinha” estreou ontem no “SBT Brasil”

Quem diria  o folclórico Joel Santana estrearia ontem no telejornal “SBT Brasil”, nesta quarta, famoso pela inseparável prancheta e pelo inglês “macarrônico” dos tempos de treinador da seleção da África do Sul e que passou a explorar, rindo de si próprio, em comerciais. E começou com novidade: a “pranchetinha”. “A prancheta tá descansando, mas se você quiser, eu te mostro o filho da prancheta. Pera aí que eu vou pegar, um minutinho só, corta”, disse ele, em link do Rio de Janeiro, para o jornalista Bruno Vicari, na emissora, em São Paulo. “Tá aqui, ó, é a ‘pranchetinha’. Tá prontinha. Vamos juntos nessa”, completou, mostrando a nova “ferramenta de trabalho” (na imagem acima), agora no papel de integrante de um “time de especialistas” do SBT para analisar tudo o que cerca o time de Luiz Felipe Scolari e a Copa do Mundo.

Os ex-jogadores Edmílson, Deco e Paulo Sérgio são os outros analistas do canal de Silvio Santos. Mas não ficou só na tal “pranchetinha”. “Papai Joel” também fez comentários sérios. Ou supostamente sérios, digamos (ver em vídeo no fim deste post). Confira:

Sobre a convocação da Seleção Brasileira:

“Essa convocação já tá pronta há bastante tempos, desde a Copa das Confederações. A mudança foi muito pouca e devia ser muito pouca, mesmo, porque nós não tínhamos nada, fizemos uma equipe e passamos bem pela Copa das Confederações. Por que mudar, pra que mudar, pra quê mexer muito? Quem conhece muito bem o Felipão sabe…Todo treinador tem uma cartilha, e eu acho que esse quarto zagueiro entra melhor na cartilha que o Miranda [jogador não chamado para a Copa]. Só por causa disso.”
Sobre goleiro Julio Cesar, que falhou na última Copa
“Goleiro que não falha, não é bom. Todo goleiro falha, mas que ele é bom, ele é bom. Jogador internacionalmente conhecido, jogador que tem uma experiência internacional muito grande, jogador que já passou por várias equipes, que já conhece a Seleção, que o treinador confia no seu trabalho e o mais importante: esse jogador não joga só bem com as mãos, ele joga bem com os pés. Conheço o ‘Julinho’ muito bem, foi meu jogador no Flamengo e no futebol society quando ele vai fazer a ‘pelada’ de fim de semana, quando é convidado, a posição dele é centroavante, e bom.”

Sobre a Seleção Brasileira de Felipão e chances de ganhara o Hexa

“A filosofia do Felipão tá pronta. Nós vimos na Copa das Confederações. O sistema dele tá montado e no momento que precisar fazer e no momento que ele tem pra se defender. Eu acredito que vai ter muito pouca mudança naquela maneira de jogar, naquela maneira de ser, porque ele tá apostando muito forte nas suas fichas que deram certo. Eu vejo, na minha opinião, que se o Brasil ‘operariar’, os jogadores tiverem aquela mesma determinação que teve na Copa das Confederações e surpreender a todos, essa que é a verdade, eu acho que dificilmente a gente vai perder essa Copa do Mundo. Eles [adversários] não vão aguentar jogar aqui.”
E aí, que tal Joel na Copa? No caso, analisando a Copa. Pois bem, a cobertura do SBT do Mundial contará, além dos pitacos desses analistas (Deco foi o único a não participar do “SBT Brasil”), com equipes acompanhando a Seleção Brasileira em todos os jogos, mostrando os treinos na Granja Comary, em Teresópolis, e mesmo os amistosos antes do início da competição.