Jô Soares relembra tragédia que marcou sua vida

No canal no Youtube do jornalista Marcelo Bonfá, foi veiculada a entrevista que Jô Soares concedeu ao Bonfá. Na entrevista,  Jô relembrou o dia em que reencontrou por acaso o taxista que matou sua mãe, Mercedes, que faleceu com 70 anos. Na época, ele tinha 30 anos.

“Mamãe morreu atropelada num dia de chuva terrível e o motorista de táxi não teve a menor culpa. Ela tinha 70 anos e o taxista a pegou, socorreu e levou a um hospital. Fez tudo certo, só que ela teve uma fratura de base de crânio. Meus pais conheciam todos os médicos do Rio de Janeiro, mas ela morreu. Dez anos depois, peguei um táxi no aeroporto Santos Dumont (no Rio) e, quando cheguei em casa, o motorista falou que precisava me dizer uma coisa: ‘Fui eu que atropelei sua mãe. E, desde esse dia, não consigo mais dormir. Só vou conseguir no dia em que ouvir que o senhor me perdoa”,  contou Jô.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação