Itália quer dar direitos semelhantes ao de um casamento civil a casais homossexuais

Um projeto de lei que promete dar o que falar, deve ser apresentado pelo governo italiano em setembro. O projeto quer permitir que uniões civis entre homossexuais tenham os mesmos direitos dos casamentos, com exceção da possibilidade de adoção. O texto do projeto, elaborado por Matteo Renzi, afirma que casais homossexuais não poderiam adotar filhos, apesar de passarem a ter os mesmos direitos e deveres que os demais casais, com prévia inscrição em um cartório civil específico.
Neste ano, na Itália dois casais homossexuais entraram para a história do país ao conseguirem inclusão no cartório civil. Giuseppe Chigiotti e Stefano Bucci, casados em Nova York em 2012, conseguiram o registro como casal em abril na Prefeitura de Grosseto, em decisão inédita do tribunal da cidade. Em maio, Fausto Schermi e Elwin Van Dijk, que se casaram na Holanda em 2008, também obtiveram o registro de casamento no consistório da cidade de Fano.