Invenção cria bolhas de cheiros, cores e imagens

SensaBubble emite bolhas que contém odores, mas também podem refletir cores, imagens ou letras. Em breve poderá está a funcionando em lojas, de celulares ou computadores.
Na Universidade de Bristol, Inglaterra, acaba de ser dado a conhecer um sistema que expele bolhas de sabão de vários tamanhos em diferentes direções. À primeira vista, pode parecer apenas uma brincadeira, mas os investigadores da universidade britânica acreditam terem criado uma nova forma de interação que permite chegar a mais de um dos cinco sentidos humanos.

Além dos diferentes tamanhos, o sistema está apto a seguir e a localizar as bolhas de sabão e a projetar cores, imagens ou letras na superfície dessas mesmas bolhas. Com este sistema, o SensaBubblet já estaria em condições de, literalmente, enviar mensagens rumo ao destinatário – mas os cientistas da Universidade de Bristol decidiram ir mais longe e recorreram ainda à injeção de substâncias em estado gasoso dentro das bolhas. O que significa que as bolhas, quando rebentam, podem soltar um odor, que a BBC revela ser suficientemente duradouro para se fazer sentir nas imediações.

Os mentores deste projeto já começaram a trabalhar com o objetivo de levar o SensaBubble para o mercado – de celulares e portáteis perfilam-se como potenciais gadgets que poderão vir a usar a nova família que fazem bolhas.

Sriram Subramanian, cientista responsável pelo projeto, admite que o novo sistema poderá revelar utilidade na emissão de mensagens publicitárias ou promocionais de restaurantes e lojas, ou em jogos educacionais em que os utilizadores são convidados a rebentar uma ou várias bolhas que refletem uma solução para um problema.

Podemos ir ainda mais longe. Se codificarmos cada categoria de e-mails com um determinado odor, esse mesmo odor poderá indicar, vagamente, quantos e-mails um utilizador recebeu da família por comparação com o número e-mails relacionados com o trabalho, refere o cientista da Universidade de Bristol quando inquirido pela BBC.

No vídeo inserido nesta página, pode ver como funciona o SensaBubble.