Imprevisto faz Sharon Stone ser internada em São Paulo

Um imprevisto pegou a atriz sharon Stone de surpresa no último final de semana. Diagnosticada com suspeita de gripe H1N1 (influenza A), ela precisou ser internada no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Sharon recebeu alta na terça-feira (8). A atriz veio ao Brasil para participar do baile beneficente da amfAR.
Segundo o colunista Bruno Astuto, da revista “Época”, a atriz ficou em observação por 48 horas e depois recebeu alta. O boletim médico não foi autorizado pelos agentes da artista. Sharon foi atendida pelo infectologista David Uip. Referência no país em infectologia, ele também atua como secretário de Estado da Saúde de São Paulo desde setembro de 2013. Habituado com celebridades, David Uip fez parte da equipe médica que cuidou de Reynaldo Gianecchini quando ele lutou contra um linfoma não-Hodgkin em 2011.
Por causa do imprevisto, Sharon adiou uma visita à área de desastre ambiental na Amazônia equatoriana. Ela pretendia, na segunda-feira (7), participar da campanha “A mão suja da Chevron”, promovida pelo governo do Equador contra a companhia petrolífera. Lançada em setembro de 2013, o movimento já recebeu o apoio de alguns famosos como a atriz americana Mia Farrow.