“Império” – Marta revela que Silviano era seu esposo e que ele a abandonou na miséria

Segredos sobre o primeiro casamento de Maria Marta (Lilia Cabral) vão surgir aos poucos em “Império” (Globo) vão surgir aos poucos na trama. Depois da descoberta que ela já foi casada com Silviano (Othon Bastos), vai se tornar conhecido porque Maria Marta sempre disse que o primeiro marido era um homem cruel.

O mordomo, que era rico na época, abandonou Marta na miséria e a fez ir para Suíça abrir um cofre de banco para encontrar um bilhete impertinente – uma das cenas da primeira fase da novela, quando ela conheceu Zé Alfredo (Chay Suede, na época). Marta vai contar detalhes da separação, segundo o Uol. “O crápula me deixou na rua da amargura, com uma mão na frente e outra atrás. E ainda teve o requinte de crueldade de me enviar para um banco na Suíça e abrir um cofre só para eu encontrar um bilhete me mandando à merda”, lembrará Marta conversando com o mordomo. “Pecados pelos quais estou pagando até hoje”, completará ele.

Os dois vão falar no capítulo do dia 26 sobre o casamento secreto deles. Aos poucos, mais detalhes vão surgindo. “Quer dizer que ser o meu fiel mordomo, com postura e elegância inglesas, ainda é uma penitência para você?”, pergunta Marta. “Foi apenas um modo de dizer. Hoje, agradeço muito por tê-la novamente em minha vida… Como a grande amiga que é”, garante Silviano.

Antes desta cena, Maria Marta vai chamar Téo Pereira (Paulo Betti) para dar um entrevista a ele. Ela vai contar que seu primeiro marido se chama Renato Silviano dos Santos Muniz. Marta acha que ele está por trás do roubo de um álbum com detalhes do seu casamento e vai falar isso para testar a reação do jornalista. Na verdade, Téo mandou Érika (Letícia Birkheuer) contratar Lorraine (Dani Barros) para ir até a casa do mordomo descobrir o que ele escondia. Ela é quem vai achar o álbum.

(Foto:Divulgação/Globo)

(Foto:Divulgação/Globo)