Império: Enrico bate em uma travesti no dia do casamento

Foto:Reprodução

Foto:Reprodução

Enrico (Joaquim Lopes) vai bater em um travesti na novela Império, da Globo. A mando de Téo (Paulo Betti), um homem vestido de mulher sairá de um bolo gigante no meio da despedida de solteiro do chef. O travesti ainda terá uma faixa escrita “Claudete Hétera”. O homofóbico surtará e quebrará tudo à sua volta. Depois, ele passará a noite vagando pelas ruas e desistirá de se casar. Falará que só quer morrer de vergonha.

A agressão será fotografada por um dos convidados da despedida de solteiro. Logo em seguida, a história será publicada pelo maldoso blogueiro. Maria Clara (Andreia Horta) vai ficar indignada ao ser avisada pelo pai, José Alfredo (Alexandre Nero), que o noivo não quer mais casar. Ela correrá vestida de noiva ao seu encontro.

“Vou atrás do Enrico porque quero! Preciso ouvir da boca dele que ele não vem ao nosso casamento! Vou fazer isso, e vai ser agora”, dirá a designer.

Ela pegará um microfone e avisará os convidados que haverá um atraso, mas que todos devem se esbaldar de boa comida e bebida enquanto isso. Na porta do quarto do hotel, onde Enrico estará tendo seu chilique, ela chegará feito “macho”. “Abre a porta antes que eu arrebente com ela”, gritará a filha do comendador.

No meio do injustificável, o noivo chegará a pedir para que Maria Clara o leve até um padre e os dois se casem somente diante da família dela. “O amor que você dizia sentir por mim, então, passa primeiro pelo seu amor próprio, seu orgulho, sua vaidade, seus conceitos e preconceitos”, desabafará a noiva.

A jovem vai acabar com ele: “Você é o cara mais covarde, mais fraco de caráter que já conheci em toda a minha vida! E eu devia me esbofetear por não ter percebido isso antes, porque eu nunca nem olharia para um homem tão frouxo e doente quanto você, muito menos ficaria noiva! Sabe do que mais? Você tem vergonha do seu pai por ele ser gay, mas homem menos macho do que você, Enrico, está para nascer”, dirá Clara.

Nervosa, ela vai provocá-lo, sugerindo até que ele seja gay: “Como é que você diz que gosta de mulher se está me deixando plantada no altar? É isso que é gostar de mulher para você?”, vai disparar a designer.

“Clara, você está nervosa, pensa nos momentos legais que a gente viveu, não joga isso tudo fora”, argumentará o chef, antes de ouvir da amada que ela não quer mais nada com ele: “Nem hoje nem nunca mais”, gritará a noiva.

Maria Clara voltará para festa e mandará todos os convidados se divertirem. Ela até vai dançar em clima romântico com Vicente (Rafael Cardoso), dando início à formação de um triângulo amoroso com a sua “suposta” irmã, Cristina (Leandra Leal).