Horário vespertino volta a causar dores de cabeça na Globo

Troca de horários funcionou até o fim da reprise de Walcyr Carrasco.

Troca de horários funcionou até o fim da reprise de Walcyr Carrasco.

Todo o frisson feito na troca de horários entre a novela da tarde e a sessão de filmes foi perdido, pelo menos é isso que os números apontam, nem mesmo a aguardada reprise de “Cobras & Lagartos” foi capaz de manter os bons números alcançados pela novela de Walcyr Carrasco.

O problema é antigo, desde que o programa de Zeca Camargo foi reformulado e oferecido ao jornalista, as coisas não andaram mais nos trilhos. Uma retalhada na reprise não é descartada por apresentar números inferiores aos desejados pelo canal, a medida é apenas para evitar que o fracasso da reapresentação de “O Profeta” (2006) exibida há pouco tempo e conseguiu somente 11.73 pontos de média decimal. 

A próxima novela vai ser definida já nas próximas semanas, vale lembrar que “Senhora do Destino” (2004) vai ganhar novamente espaço na grade da emissora carioca em pouco tempo, “Escrito Nas Estrelas” (2010), “Ciranda de Pedra” (2008) e “Começar de Novo” (2005), disputam a substituição imediata ao folhetim protagonizado por Mariana Ximenes e Daniel de Oliveira.