Homem é preso acusado de se passar por diretor de teledramaturgia da Globo

A preocupação de grandes emissoras de TV a cerca do exagero de criminosos em suas artimanhas para conseguir vantagem em cima da credibilidade destas emissoras.

O caso mais recente aconteceu em na capital paranaense, onde Marcelo Hidalgo Alvin, de 42 anos, se passava por diretor de teledramaturgia da Globo dizendo que estava selecionando nomes para o canal e que para isto, a pessoa teria de se encarregar de realizar pagamento de custos como por exemplo, dito por ele, para a confecção de crachás e outras despesas pré-admissionais.

Em entrevista, o delegado-titular da DEDC, Wallace de Oliveira Brito, afirmou que o homem mostrava aos cidadãos um crachá na intenção de tirar das vítimas altas quantias e declarou também: “Tudo fraudado, é claro. Somente uma das vítimas chegou a pagar R$ 15 mil para o golpista, acreditando que seria chamada para participar de uma produção global”.