Globo negocia espaço nos telões dos estadios

Rede Globo LogoA Globo começou a negociar com os donos dos grandes estádios brasileiros para estabelecer uma parceria para ganhar dinheiro com propaganda nos telões durante jogos. Seria mais uma extensão do braço de atuação da emissora no futebol que já tem contratos de transmissão, fechada e aberta, internet e exploração de placas, entre outros.

A Rede Globo vem apresentado a ideia para os gestores das novas arenas brasileiras que contam com o equipamento desde antes da Copa-2014. Entre os que receberam propostas, estão o Maracanã, o Itaquerão e o Mineirão. As conversas ainda estão em fase inicial.

Nas reuniões, o modelo proposto é de que ela inclua os telões em seu pacote publicitário do futebol, que já tem as placas. Assim, poderia aumentar o que é cobrado dos parceiros. Em troca, daria um percentual do ganho para os donos das arenas. No caso de estádios como o Maracanã, esse dinheiro seria dividido com os clubes.

O problema é que os donos das arenas temem que a Globo use sua força para cobrar alto dos parceiros, mas repassar valores pequenos para os donos dos estádios. Em compensação, os gestores da arena apostam que a parceria poderia possibilitar acesso ao conteúdo da emissora, que inclui gols, e lances históricos do futebol brasileiro.

Mas há administradores de estádios que falam em fazer uma concorrência com outra emissora que detenha os direitos de jogos, como a Band, se a proposta da emissora for ruim. Fato é que, com audiência em baixa, a Globo dá mais um passo para aumentar seu poder no futebol nacional, além da atuação ampla que já tem com os clubes. O blog tentou ouvir executivos da emissora, sem sucesso.