Globo é processada por Pastor por causa de beijo gay em ”Amor à Vida”

A comunidade evangélica parece que foi contra o beijo gay entre Félix e Niko, em ”Amor à Vida”. O pastor baiano e deputado estadual Sargento Isidório entrou com um processo contra a Rede Globo nesta terça (04) na Assembleia Legislativa da Bahia, repudiando a exibição do beijo, além de dizer que a emissora carioca agride à “família brasileira”.

No documento, o pastor fala que a Globo exibe insistentes “cenas de sexo, beijos entre homossexuais, traições conjugais, homicídios, tentativas de homicídios, assédio moral, humilhação, dentre muitas outras, de maneira tendenciosa, atentam contra os bons costumes, com a finalidade de promiscuir e assim destruir as famílias tradicionais cristãs“. Segundo o pastor, isso é um grave atentado ao pudor aos que assistem a Globo.

Veja o comunicado:

Clique na imagem para ampliar.

Nas redes sociais, muitas pessoas concordaram com o pastor, já outras disseram que ele está sendo homofóbico e que devia usar seu mandato para coisas úteis.

A Globo ainda não se pronunciou sobre o caso, até porque ainda não recebeu qualquer tipo de notificação.