Globo anuncia morte de Roberto Gómez Bolaños no “Jornal Nacional”

Dono de frases antológicas como “ninguém tem paciência comigo” e “não contavam com a minha astúcia”, que marcaram gerações de fãs em toda a América Latina, Roberto Gómez Bolaños, criador dos seriados “Chaves” e “Chapolin”, morreu nesta sexta-feira (28) aos 85 anos. Bolanõs foi humorista, escritor, ator, produtor de cinema, televisão e teatro

A Rede Globo anunciou a morte do criador do personagem “Chaves”, série exibida há mais de 30 anos no SBT. A informação foi divulgada na emissora através do “Jornal Nacional”.

A série , que estreou em 1984 no Brasil, foi um incômodo para a Globo entre os anos 80 e 90. A série mexicana  alcançava espetaculares 30 pontos no horário nobre pelo SBT, o que obrigava a concorrente a se mexer.

Bolaños vivia isolado em Cancún, cidade litorânea do México, com a mulher, Florinda Meza, a Dona Florinda da série Chaves. O comediante tinha problemas respiratórios e de locomoção, e estava desde o final do ano passado respirando com um cilindro de oxigênio.

chaves 01

Foto: Divulgação