Globo 50 Anos: Sequestro de Eloá em 2008 choca o país

No dia 13 de outubro de 2008 por volta das 13:30 da tarde o Brasil passava por uma situação rotineira, um sequestro! Mas aquele realmente não era um sequestro comum ou até seria se não tivesse ganhado a repercussão que ganhou pela mídia.

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Eloá Pimentel de 15 anos foi surpreendida em sua residência pelo seu ex namorado Lindemberg Alves na época com 22 anos, mantendo Eloá e sua amiga Nayara Rodrigues como refém, começava ali o maior sequestro já registrado no estado de São Paulo.

A princípio a mídia tratou o caso como um outro caso qualquer, mas de acordo com que as horas iriam se passando a gravidade e a tensão foi fazendo com que a mídia pudesse observar o caso com um olhar de expectativa, no dia seguinte o Grupo de ações táticas especiais (gate) passou a acompanhar o sequestro, na expectativa de conseguir negociar com o sequestrador que se mostrava perturbado e nervoso em vários momentos. Próximo das 23:00 do dia 14 de outubro daquele ano a Nayara Rodrigues foi libertada por Lindemberg que passou a manter apenas Eloá como sua refém, mas no dia seguinte Nayara voltou para que fosse continuada as negociações com o sequestrador.

Quase 70 horas de sequestro e a tensão aumentava e toda a mídia já se concentrava para uma possível negociação da polícia com o criminoso, mas para a aflição de todos que acompanhavam a sequestro prosseguiu e chegou a mais de 100 horas foi quando segundo a polícia militar foram ouvidos tiros que teriam sido disparado por Lindemberg, a gota d´água para que homens do GATE e da tropa de choque da polícia militar paulista explodisse a porta da residência na expectativa de capturar Lindemberg que ao ver a movimentação de invasão da polícia conseguiu ter tempo de disparar tiros contra as vítimas, depois de cem horas, chegava ao fim o sequestro de Eloá Pimentel. Após a invasão o sequestrador foi capturado e preso, já a amiga de Eloá, Mayara Rodrigues foi atingida por um disparo no rosto mas ainda conseguiu sair andando da residência, já Eloá foi atingida na cabeça e na virilha e saiu da casa na maca e inconsciente rumo ao hospital, imediatamente a mídia passou a noticiar que a polícia tinha estourado o sequestro e a partir daí a imprensa passou a acompanhar a saúde da estudante Eloá Pimentel que já se encontrava sob os cuidados médicos, mas seu estado de saúde não era nada agradável, e as 23:30 do sábado dia 18 de outubro foi constada a morte cerebral de Eloá Pimentel. Porém antes mesmo de confirmada a morte, ainda na noite do dia 17 a Globo já anunciou em um Plantão que a estudante tinha morrido mesmo sem a confirmação oficial que só viria ao sábado, a globo estava lá e fez uma boa cobertura na sua programação.

Vídeo do plantão Globo anunciando o fim do sequestro: https://www.youtube.com/watch?v=6hVQD9MqAQ4

Reportagem do Fantástico sobre o caso: https://www.youtube.com/watch?v=anV885-db5k

Fanweb1

(Foto: Divulgação)