Gfk chega ao Brasil e Ibope fica com medo

gfkIbope que se cuide porque o GFK da Alemanha vem para causar e fazer o IBOPE deitar de vez, o instituto agora no Brasil promete mudanças veja:

O Ibope anunciou na ABTA 2014 uma série de novidades para concorrer com a GfK, instituto alemão que medirá audiência das TVs em 2015. Entre as invovações, está a unificação dos números da TV aberta e da TV por Assinatura. A GfK começará em 2015 a medir audiência para Record, SBT, Band e Rede TV!. Promete medir todos os canais, abertos e fechados, celulares, computadores, gravadores digitais e plataformas de video on demand _outra novidade no serviço do Ibope.

Até recentemente, os números do Ibope para os canais abertos e pagos seguiam em relatórios separados para as agências de publicidade e emissoras de TV. O instituto ampliou o número de praças aferidas em peoplemeter (aparelho medidor) para a TV por Assinatura, passando de nove para 15, mesmo número da TV aberta, permitindo a unificação.

Agora, todos os dados são apresentados em uma só planilha, o que facilita a análise de investimentos por parte do mercado anunciante. Segundo fontes que tiveram acesso aos primeiros relatórios, Globo, SBT, Record e Band ocupam as quatro primeiras posições. Os canais pagos só aparecem a partir do quinto lugar.

O Ibope também promete para o próximo ano medição de audiência de programas gravados via DVR (gravador digital). Outra promessa: ter a audiência dos programas vistos sob demanda pouco tempo após sua exibição inicial. No ano passado, o Ibope começou a medir audiência nos telefones celulares.

A unificação dos índices de TV paga e TV aberta em um mesmo relatório começou a ser feita em janeiro, e desde maio os 200 clientes do Ibope Media têm à sua disposição a medição de audiência em todas as localidades da TV aberta.