Gfk adia medição de audiência por conta da violência na favela

Por essa o instituto alemão não esperava, mas o Gfk foi impedido de entrar na favela para instalar seus aparelhos de medição de audiência, sua estreia estava prevista para daqui 30 dias porém essa estreia da sede do Gfk terá que ser adianta por causa da violência que se encontra as favelas do país.

Os aparelhos são instalados nas residências e serve para monitorar qual a preferência do telespectador em assistir seus programas, Band, Record, RedeTV! e SBT foram as emissora no país que assinaram contrato com a o instituto para medição de audiência.

O Gfk não vai somente medir a audiência da TV considerada ‘correta’, o instituto também irá medir a audiência nas favelas das TV piratas, por conta da violência o instituto ainda não sabe quando será feito a estreia da sede.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)