Filho de casal homossexual ” Vai comemorar o dia das mães em dose dupla”, Confira

Paranaense Raphael Augusto Lira Brunetto, de 10 anos, vivencia em uma família de casal homossexual, ele tem duas mães, ou melhor, uma mãe e um “pãe”, ao se referir a Léo Brunetto, que é casada com a mãe biológica dele, Dayana Brunetto. “Eu fui premiado por ter duas mães. Tenho muito orgulho da luta dessas duas pela vida e pelo que sentem”.

O menino explica que a nomeou de maneira diferenciada de “pãe” porque nas horas das decisões mais rígidas do dia a dia, é ela quem acaba assumindo, também, o papel de pai. O pai biológico do garoto não tem convivência com a família, segundo Dayana.

O garoto (tímido),  aceita com naturalidade a opção sexual do casal e diz que não se incomoda com os casos de preconceito, que são constantes, segundo ele.

Apesar de serem duas mães, Leo explica que, como já é tradição na família, o presente será dado apenas para Dayana. “Nós dividimos as datas”. No Dia das Mães ela ganha o presente. No Dia dos Pais, é a minha vez. Sobre o presente de Dayana, Raphael não disse por ser uma surpresa e afirma não ter dúvidas sobre o gosto dela.

O casal disse que o “garoto”, é o filho que qualquer mãe pediu a Deus o filho é motivo, além de qualquer coisa, de muito orgulho”.

(Foto: Reprodução  / G1)

(Foto: Reprodução / G1)