“A Fazenda”: Oscar Maroni comenta sobre período que passou preso

afazenda7

“Os presos me chamavam de Dr. Bahamas”

O empresário Oscar Maroni, um dos integrantes de “A Fazenda 7” comentou, durante conversa nesta terça-feira (16), que era tratado com respeito pelos outros presos quando esteve na prisão. “Os presos me chamavam de Dr. Bahamas”, disse para Andréia Sorvetão.

Ele ainda contou que chegou a dormir no chão e dividiu cela durante o tempo em que esteve atrás das grades: “Pior é quando vai para a praia. Sabe o que é ficar na praia? Você deita no chão de cimento e fica esperando o outro sair (da beliche)”. Andrea riu e perguntou se ele tem boas lembranças dos tempos em que ficou preso. Oscar disse que sim.

“O pessoal lá gostava de mim, não sei exatamente porque. Acho que pelos meus negócios e pela minha idade, mas o pessoal foi legal comigo”, falou.

Conhecido por ser proprietário da boate Bahamas Night Club, em São Paulo, Oscar Maroni foi acusado de promover a prostituição em seu estabelecimento. Por isso, foi preso três vezes, mas venceu o processo na Justiça e reabriu o local em 2013.