Fani Pacheco sobre “BBB 13”: “O que fizeram comigo foi desumano”

Fani Pacheco, ao lado de Carol Portaluppi, forma a dupla de belas apresentadoras e repórteres do “Encrenca”, novo programa humorístico da RedeTV!. E atualmente, segundo ela,  vive uma fase de realizações em sua vida.

Para chegar onde está, a loira de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, passou por duas edições do reality show “Big Brother Brasil”. Em 2007 foi a 10ª eliminada do programa. Em 2013 lhe foi dada uma segunda chance de conquistar o tão sonhado R$ 1,5 milhão.

Acontece que Fani não poderia ter se arrependido mais em aceitar o convite para retornar.

“Não voltaria nunca mais para o ‘BBB’. O que fizeram comigo foi desumano”, contou em entrevista ao Famosidades.

Isso porque a ex-sister garante que sua depressão, controlada por remédios, voltou a atormentá-la por conta do programa, que a proibiu de levar seus medicamentos para dentro da casa mais vigiada do País.

Mas isso são águas passadas. Agora a loira faz parte do elenco de “Encrenca” e deixa bem claro: comparações entre a nova atração da RedeTV! e o antigo “Pânico” não têm fundamentos.

“A proposta é fazer algo novo e diferente do ‘Pânico’. O nosso tipo de humor é espontâneo, que não ridiculariza as pessoas. Fazemos uma grande brincadeira e somos ‘ridículos’ juntos”, explicou.

A proposta para apresentar a atração surgiu com suas participações no “Mega Senha”, programa da mesma emissora, e assim, a ex-BBB conseguiu realizar um sonho que trazia desde que a fama bateu em sua porta.

Polêmica quando se trata de relacionamentos, Fani já deixou muita gente se questionando sobre sua opção sexual. Isso porque nas redes sociais sempre apareciam fotos dela beijando a também ex-sister Natalia Casassola.

Agora compromissada, ela garante: “Estou namorando o Leandro, é um relacionamento sério e fechado. A Natalia é uma grande amiga de quem gosto muito e curtimos a vida quando estamos solteiras”.

Recentemente, a mãe da apresentadora, Adele, faleceu. Ela estava em coma, teve falência dos rins, apresentou quadro de infecção generalizada e não respondia mais aos antibióticos. Mesmo com a notícia que abalou seu mundo, Fani encontrou forças para continuar.

“Tiro forças do meu poder de racionalização, porém, é óbvio que meu lado emocional reage muitas vezes de forma inconsciente e sofro muito. No entanto, sigo fazendo meu trabalho pois são novos desafios que apareceram e eu não me permito fracassar. Sempre sigo a premissa de dar o melhor de mim em cada novo desafio”, contou.

Além de ser vista todos os domingos no programa “Encrenca”, Fani está com novos projetos engatados. A loira já começou a gravar um seriado que estreará em setembro deste ano e no início do ano que vem começa a gravar seu primeiro filme.

fany