Falida: Record adia projetos para 2015

recordDe cada cinco programas anunciados pela Record para 2014, um ficará para 2015. Com menos dinheiro em caixa, por causa da queda nas receitas publicitárias, a emissora de Edir Macedo deixará de exibir 21,4% dos 14 novos programas prometidos para este ano em março, no anúncio da nova programação para a imprensa.
Ficaram para 2015 a primeira novela bíblica da Record, Os Dez Mandamentos, e as séries Casamento Blindado, baseada em livro da filha de Edir Macedo, e O Preço da Vida, apresentada por Luciano Szafir com material do filme Sequestro, de Wolney Atalla Jr., de 2009.
A Record deve gastar neste ano R$ 1,850 bilhão, 16% a menos do que os R$ 2,2 bilhões de 2012, quando iniciou uma política de redução de gastos e salários, demitindo funcionários. A redução decorre também da decisão da Igreja Universal de não aumentar os gastos com a emissora, por causa dos investimentos no Templo de Salomão, megatemplo inaugurado no último dia 31 e que custou, oficialmente R$ 680 milhões. Considerando-se a inflação, o corte na produção da Record supera 25%.
A situação mudou tanto que, se a série O Casamento Blindado realmente vingar para 2015, deverá ter outra protagonista. Renata Dominguez, que fez a principal personagem do especial de fim de ano de 2013, não teve seu contrato renovado com a emissora, que demitirá mais de 80 atores
nos próximos meses. Se voltar, Renata terá vínculo apenas por obra certa, para fazer a série.
Além de Os Dez Mandamentos, Casamento Blindado e O Preço da Vida, a Record anunciou em março a segunda temporada de Milagres de Jesus (estreia em setembro), a série Conselho Tutelar (ainda inédita), a minissérie Plano Alto (no ar em setembro), a novela Vitória, os realities A Fazenda 7 e Aprendiz Celebridades, o Repórter Record Investigação, o Programa da Sabrina, A Hora do Faro, Domingo Show e Me Leva Contigo.
Desses, três não atingiram o grande objetivo da emissora, que é a vice-liderança. Vitória, Aprendiz Celebridades e Me Leva Contigo amargaram um terceiro lugar no Ibope

Daniel Castro