Ex-mulher de Collor fala sobre possível romance entre ele e Claudia Raia

Que Claudia Raia fez campanha para Collor, na disputa presidencial de 1989, muita gente ainda lembra — embora a própria preferia esquecer. Em sua biografia recém-lançada, “Tudo o que vi e vivi”, Rosane Collor, que foi casada com o ex-presidente, traz à tona e esclarece os boatos (muito fortes na época) de um romance entre o político e a atriz.

Na época, os boatos eram muito fortes e no livro Rosane revelou: “Depois da eleição, fizemos uma viagem para espairecer, sem avisar ninguém. A ideia era sair escondido mesmo, para não chamar atenção e poder descansar da maratona da campanha. Fomos, então, às Ilhas Seychelles, de jatinho. A imprensa descobriu, mas pescou só uma parte da história: saíram algumas notas em jornais dizendo que o presidente eleito tinha viajado secretamente com sua amante. E davam a entender que era a atriz Claudia Raia, uma das artistas contratadas para fazer a propaganda política.O mais engraçado é que eu estava ao lado de Fernando quando li a ‘notícia’. Ri muito. Numa outra ocasião disseram também que ambos tinham ido a Nova York, e que estavam hospedados no mesmo hotel. Acontece que quem estava lá era eu, mas, como não tinha nenhum compromisso oficial, resolvi ficar no quarto dormindo e ninguém me viu”.

Rosane conta também como foi a aproximação de Claudia Raia do casal: “Claudia Raia era minha amiga. Quando Fernando era governador, eu organizei um desfile em Maceió e a convidei para desfilar. Foi assim que nos conhecemos… Nós nos tornamos muito próximas. Fui para o Rio de Janeiro visitá-la e ela me levou para ver os bastidores das gravações do ‘TV Pirata’… Mais tarde, quando Claudia se separou do Alexandre Frota, tentamos apresentá-la ao Paulo Octávio (um dos melhores amigos de Collor)… Mas não rolou nada entre os dois”.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação