Ex-bbb Francieli culpa produção do BBB 15 por eliminação

Ontem na hora de sua eliminação do BBB 15, Francieli com 37 anos culpou a equipe de produção do BBB pela sua saída do reality, tudo isso que a ex bbb disse que o seu serviço tinha ameaçado a produção do BBB e eles ficaram com medo e decidiram elimina lá. “Eu não tive erro. O meu erro não foi meu. O erro foi o programa ter colocado uma pessoa que tinha informações [sobre os outros participantes]”, disse a gaúcha em conversa com jornalistas após o programa ao vivo.

Segundo ela, as informações que Marco, participante que substituiu o bailarino Rogério às vésperas da estreia do programa, teve antes do confinamento foram decisivas para os seis votos que recebeu na formação do primeiro paredão. “Eu não falei que ia dar facadas em alguém. Ele [Marco] entrou dizendo que eu ia esfaquear um por um”, explicou.

Por não ter sido confirmado na primeira lista de participantes divulgada pela Globo, Marco assistiu aos vídeos veiculados na televisão e na internet antes da estreia do “BBB15”. Ao entrar no programa, ele contou para Adrilles e Mariza que Francieli declarou em sua entrevista que iria “fazer aliados e depois dar facadas nas costas de todos”. Na realidade, a gaúcha disse que iria “fazer aliados e depois queimar todo mundo”.

Após sua saída, Francieli explicou a declaração. “A minha intenção era chegar à final do programa. Para isso, eu teria que fazer aliados, mas no fim, teria que eliminar um por um”, disse, mantendo a postura de jogadora que mostrou nos sete dias que ficou na casa.

Emprego ameaçado
Francieli também colocou a culpa de seu emprego estar ameaçado na produção do “BBB15”. Assim que o nome da conciliadora criminal foi confirmado no programa, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul comunicou o afastamento da sister do cargo de conciliadora criminal. A decisão, segundo comunicado do órgão, foi tomada depois que Francieli concedeu entrevista à produção do reality show na sala de audiências sem autorização.

Ao sair do “BBB”, ela explicou que não foi avisada pela produção do programa que a entrevista era para o reality show, mas sim, para o programa “Encontro”, apresentado por Fátima Bernardes, que supostamente iria exibir uma matéria sobre concurso público.”A juíza [que a suspendeu] fez certo, e eu faria o que ela fez. É uma questao de ética. Eu me eximo de qualquer culpa. Fiquei sabendo que ia entrar no programa às 18h de segunda [dia anterior à estreia]. O pessoal da produção disse que era para a Fátima Bernardes, e eu caí”, defendeu-se.

“Quero me isolar”
Sobre a possibilidade de perder o emprego por conta da participação no reality show, Francieli disse estar tranquila e disposta a continuar a carreira na área de Direito. “Não quero essa fama [de ex-BBB] tanto que saindo da casa eu quero me isolar. E aí depois voltar a estudar, voltar a malhar, voltar tudo ao normal.Tenho carteira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), posso voltar a advogar”, disse, acrescentando que entrou no programa unicamente pela possibilidade de ganhar o prêmio de R$ 1, 5 milhão. Ela e o marido também pretendem ter filhos. “Vou ter que conviver com o rótulo de ex-BBB, mas eu tenho medo porque os BBBs que entraram em algumas edições queriam pagar peitinhos, bundinhas, fazer ‘Playboy’ e parecem cabeças ocas. Não é o meu caso. Apesar de ter errado de cara, eu não sou cabeça oca”, afirmou.

Apesar da mágoa com o programa, Francieli disse não se arrepender de suas atitudes dentro da casa. “Talvez ter tirado o carro da Tamires”, disse, lembrando que contribuiu para a vitória de Mariza na prova do líder. Além da liderança, a pernambucana ganhou R$ 10 mil e um carro 0 KM. Para ela, a professora de artes foi manipulada por Adrilles e Marco, participantes que ela deseja a eliminação. A torcida vai para Tamires, de quem ela ficou próxima na casa.inacio_paredao650x500-8