Everest tem a maior avalancheche destruidora de todos os tempos

Pelo menos 12 guias nepaleses morreram, esta sexta-feira, na sequência de uma avalanche no Monte Everest, tornando este o acidente mais mortal da história do montanhismo moderno na mais alta montanha do mundo. No seu último balanço oficial, as autoridades nepalesas, citadas pela agência France Presse, confirmam a morte de 12 guias nepaleses, esta sexta-feira de manhã, na sequência de uma avalanche no Monte Evereste.

As vítimas transportavam tendas, alimentos e cordas para uma zona de acampamento, para preparar a chegada de alpinistas. Sete pessoas foram resgatadas da neve com vida. No seu último balanço oficial, as autoridades nepalesas, citadas pela agência France Presse, confirmam a morte de 12 guias nepaleses, esta sexta-feira de manhã, na sequência de uma avalanche no Monte Everest.

As vítimas transportavam tendas, alimentos e cordas para uma zona de acampamento, para preparar a chegada de alpinistas. Sete pessoas foram resgatadas da neve com vida. Lakpa Sherpa, da Associação de Salvamento dos Himalaias, declarou à France Presse que é ainda esperado que sejam recuperados outros três corpos de vítimas da avalanche.  Até hoje, o acidente mais mortal no Monte Evereste tinha sido em 1996, quando oito pessoas morreram numa expedição.