Estados Unidos vai usar água do mar como combustível em navios de guerra

Ainda não passa de um protótipo que levou dez anos para desenvolver, mas os cientistas da Marinha dos EUA conseguiram converter água do mar em hidrocarbono líquido combustível.
Os trabalhos estavam a ser desenvolvidos há mais de uma década, com o objetivo de encontrar uma alternativa aos combustíveis fósseis.

Um porta-aviões típico da Marinha dos EUA consome até 3800 litros de petróleo por hora. Os investigadores criaram agora um catalisador especializado que converte o dióxido de carbono e o hidrogênio da água do mar em combustível líquido, noticia a Discover.
A equipe explica que este processo de conversão tem uma eficiência de 92% e que o combustível criado pode ser usado nos motores já existentes. «É a primeira vez que tecnologia desta natureza foi demonstrada com potencial para transição, do laboratório para implementação comercial em grande escala», explica Heather Willauer, investigadora da Marinha.

As autoridades pretendem agora construir agora as instalações necessárias para converter grandes volumes de água do mar. Numa primeira fase, a produção do combustível deve ser iniciada em terra. Dentro de dez anos, o sistema já deve estar e cada 4 litros devem custar entre 3 a 6 dólares.