ESPN decreta fechamento da emissora de rádio do grupo

Em meio a um ambiente de crises, qualquer fechamento de qualquer que seja a empresa é motivo de preocupação pelo cenário econômico em que vivemos atualmente. Dessa vez, trata-se de um veículo de mídia, que faz parte do grupo ESPN e veio ao Brasil em meados de 2007.

Oito anos depois, de acordo com o Portal Imprensa, a ESPN Rádio encerrará suas atividades em terras tupiniquins. Mas existiam informações que isto iria gerar demissões, informação esta negada em nota do próprio grupo que esclarece que tem interesse em migrar o público que trabalhava para o rádio todo pra TV. Desde janeiro ela não era transmitida em frequência comum, e estava atuando apenas na internet.

Alinhado com seu compromisso de servir ao Fã do Esporte com excelência, a ESPN irá estrategicamente focar parte dos seus investimentos em plataformas digitais como o ESPN Watch e o ESPN Sync, decidindo então, encerrar as atividades da Rádio ESPN. Dado o contexto desafiador de nosso mercado, movimentos como esse são necessários para entregar o melhor conteúdo ao Fã do Esporte”, afirmou em nota esclarecendo o porquê do acontecido.

O fechamento já havia acontecido em parte. (Imagem: Divulgação/ESPN)

O fechamento já havia acontecido em parte.
(Imagem: Divulgação/ESPN)