“Especial Roberto Bolaños”: Carreira

Na década de 50, através do rádio e da TV Roberto Goméz Bolaños começou sua carreira de escritor criativo, escrevendo roteiros para programas. Além disso Roberto também fez vários roteiros para o cinema, onde começou a sua carreira de ator no filme ‘Dos Criados Mal Criados’ (1996).

No ano de 1968, Roberto foi chamado para realizar um programa de meia hora no inicio das transmissões Independentes de Televisão do México. E assim, foi criado o “Los Supergenios de la Mesa Cuadrada”, onde além de Roberto Bolaños, contracenavam Ramón Valdés (Seu Madruga), Rubén Aguierre (Prof. Girafales) e Maria Antonieta de las Nieves (Chiquinha).

Em 1970, o programa ganhou mais duração no ar, e assim surge “Chapolin Colorado”. Em 1971, um ano depois da criação de Chapolin, Roberto resolveu criar aquele que em poucos anos se tornou o seu personagem de maior sucesso Chaves.

Adeus Chaves!

Adeus Chaves!

Tanto “Chapolin” como “Chaves” se saíram tão bem que no ano de 1973 os seriados se tornaram independentes, com 30 minutos de duração cada.

Além de Chaves e Chapolin, personagens mais conhecidos de Roberto Bolaños, o autor também é criador de personagens como: Chompiras, Dr. Chapatin, Vicente Chambon, Chaparrón Bonaparte, entre outros.

Em 1980, seus sketches criaram um programa de uma hora semanal chamado de “Programa Chespirito”, e permaneceu no ar até 1995.

Além de seriados Bolaños também estrelou filmes como: “El Chanfle”, “El Chanfle 2”, “Don Ratón, “Don Ratero”, “Charrito” e “Música de viento”, criados por ele mesmo.

No ano de 1992, ganhou o “Prêmio de Literatura da Sociedade Geral de Escritores do México” pelo roteiro da peça “La Reina Madre”.

Chapolin Colorado

Chapolin Colorado

Já em 2000, a Rede de Televisão do México Televisa, fez uma homenagem para todos do elenco dos seriados “Chaves”, “Chapolin” e “Chespirito”.

Não perca, Amanhã! pois iremos relembrar as desavenças que Roberto Bolaños teve com alguns integrantes do seriado “Chaves”.