“Era tudo que precisava”, diz Joaquim Lopes sobre seu personagem em “Império”

Atualmente como um dos destaques de “Império”, fazendo o homofóbico Enrico, o ator Joaquim Lopes falou sobre o papel na novela de Aguinaldo Silva.

Em entrevista para o jornal O Dia, Joaquim afirmou que está surpreso com a maldade do seu personagem e disse que ele é um divisor de águas na sua carreira: “Ele é bem pior mesmo, um divisor de águas. Com certeza. Vinha fazendo personagens mais cômicos, mais leves, mais solares e era tudo que precisava neste momento. Mostrar minha outra faceta. Adoro fazer comédia, mas não queria ficar rotulado como um ator que só faz comédia. Foi ótimo, estou muito feliz”.

Durante a entrevista, ele, que não se acha bonito, elogia o comendador Alexandre Nero e comenta que mulheres gostam de caras menos ‘arrumadinhos’. “É um personagem masculino. Faz tempo que não se vê um protagonista homem, viril e forte. Acho que as mulheres não gostam de um cara muito metrossexual, tipo Cristiano Ronaldo. Acho que ele agrada mais aos gays do que às mulheres propriamente ditas”, avalia.

Joaquim também desmente rumores de crise em seu relacionamento. “Que casal não tem crise? Todo casal normal passa por altos e baixos”, conta.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação